O crescimento das cervejarias artesanais pelo mundo e o grande salto no consumo de cerveja fresca nos últimos anos fizeram aumentar a procura por um objeto que pouca gente conhecia até pouco tempo atrás: o growler. Mas o que é growler?

O growler é uma garrafa feita de vidro, cerâmica ou inox e fechada com pressão ou rosca, que possibilita que a cerveja artesanal, retirada diretamente do tap, possa ser armazenada por até cinco dias (dependendo do tipo de cerveja) na geladeira.

Durante esse período, o growler preserva as características de aroma, paladar e frescor da bebida. Ou seja: o growler garante que sua cerveja artesanal seja consumida exatamente da maneira que ela deve ser consumida, garantindo a manutenção da qualidade original do produto.

Trata-se, portanto, de uma peça essencial no bar ou cozinha de quem aprecia uma boa cerveja artesanal. Afinal, o growler mantém o que essas bebidas têm de melhor. Isso, é claro, se você tomar o cuidado de preservar seu growler da forma adequada.

Depois de consumir sua cerveja, tente limpar seu growler logo em seguida (e, se não conseguir, mantenha-o gelado até que arrume tempo para essa tarefa). Lave o growler com água corrente, enxaguando seu recipiente três vezes, e deixe para secar de cabeça para baixo, sem a tampa – nada de máquina lava-louças.

Tradição e história

Na hora de escolher o seu growler, uma das decisões que você terá de tomar é sobre o seu tamanho: os growlers mais comuns são os de um e dois litros. Alguns modelos, porém, seguem as unidades de medidas norte-americanas, em galões. Os Estados Unidos, aliás, são o país de origem desse objeto.

O termo “growler” surgiu no fim do século 19, quando baldes de metal eram usados para transportar cerveja fresca do bar para casa. O barulho do gás escapando pela tampa metálica que cobria esse tipo de balde inspirou o nome – em inglês, growl significa um rosnado, um rugido.

Nos anos 1920, o growler chegou a ser proibido em algumas partes dos EUA, já que a Lei Seca estava em vigor no país. Com a liberação da venda de bebidas alcoólicas, o growler passou a ser muito usado pelos americanos – antes da II Guerra, muitos deles tinham o hábito de mandar os filhos à cervejaria ou bar mais próximo para buscar cerveja fresca antes de cada refeição.

Por volta da década de 1960, contudo, o uso do growler diminuiu bastante, em função da popularização das cervejas industrializadas e acondicionadas em embalagens mais convencionais.

Para a sorte dos apreciadores da cerveja artesanal, o growler foi ressurgindo nas últimas décadas, agora em uma versão mais atualizada, em vidro ou cerâmica, e com fechamento por pressão – nada de ouvir o ruído do gás escapando enquanto você leva sua cerveja para casa, como acontecia com os americanos que iniciaram essa tradição.

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here